Material para o professor

    Um pra lá, outro pra cá

    Série Ana Maria Machado

    Autor: Ana Maria Machado
    Ilustração: Elisabeth Teixeira

    Sobre o livro

    Um pra lá, outro pra cá nos conta uma inusitada história de amor: a paixão entre Lolô, uma locomotiva louca para sair pelo mundo, e Janjão, um belo vagão de carvão, lubrificado e reluzente. Mal tinham saído da fábrica quando se encontraram, se apaixonaram e decidiram percorrer as terras do país atrelados um ao outro: Janjão pegava carvão, Lolô esquentava o motor. Em pouco tempo, já levavam atrás de si três vagõezinhos. Muitos foram os trilhos que percorreram, muitas as canções que cantaram contando as belezas que viam. Mas houve um momento em que as coisas mudaram, e a canção começou a desafinar. Um queria ver o mar, outro preferia subir a serra, e não havia solução. Até os vagõezinhos concordaram que o único jeito de terminar a discussão era que cada um fosse para o seu lado. No começo, os pequenos vagões tinham que ajudar Lolô a pegar carvão; outras vezes, iam passar um tempo com Janjão. Ao final da história, porém, um reboque muda definitivamente a trajetória do antigo casal: eles se tornam vagões modernos, eletrificados e capazes de andar sozinhos.
     

    FNLIJ CATÁLOGO DE BOLOGNA, 2010

    PNBE INCLUÍDO EM 2010"
     

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Moderna Literatura
    • ISBN 9788516061692
    • Código do produto: 12061692
    • Indicação 2º Ano (EF1), 3º Ano (EF1),
    • Assunto Amizade,
    • Tema complementar Pluralidade Cultural, Ética,
    • Tipo de obra Ficção
    • Faixa etária A partir de 07 anos
    • Gêneros Poema,
    • Preço sugerido R$ 58,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 22,00 X 24,00
    • Número de páginas 36

    Sobre o autor

    Ana Maria Machado

    Ana Maria Machado nasceu no Rio de Janeiro em 1941. Tem quase 40 anos de carreira, mais de cem livros publicados no Brasil e em mais de 17 países, somando mais de 18 milhões de exemplares vendidos.
    Ficou conhecida como escritora, tanto pelos livros voltados para adultos como aqueles voltados para crianças e jovens. Em 1993, tornou-se hors-concours dos prêmios da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Em 2000, ganhou o prêmio Hans Christian Andersen, considerado o prêmio Nobel da literatura infantil mundial. E em 2001, a Academia Brasileira de Letras lhe deu o maior prêmio literário nacional, o Machado de Assis, pelo conjunto da obra.