Entrar | Cadastrar
Olá, -

Rua Padre Adelino, 758
Belenzinho - São Paulo - SP
CEP 03303-904
Tel: (11) 2790-1300

Práticas Sustentáveis

DA SEMENTE AO LIVRO: SUSTENTABILIDADEPOR TODO O CAMINHO

A Moderna tem o compromisso socioambiental com a produção e qualidade dos seus materiais. Como uma empresa direcionada para o futuro, valorizamos cada etapa da cadeia produtiva do papel utilizado em nossos produtos: desde as sementes do reflorestamento e extração da celulose até a geração de empregos na confecção de cada uma das nossas obras.

Assim como cada livro conta a sua história, queremos preservar as lembranças que tantas vezes ficam guardadas em nossas páginas. Mais que conteúdos didáticos, nossos livros guardam experiências e registros de momentos da construção do conhecimento de cada indivíduo. Por isso, nós nos comprometemos em utilizar insumos ambientalmente responsáveis como exemplo para as gerações de alunos que ajudamos a formar em escolas por todo o Brasil. Juntos, podemos construir uma sociedade consciente e responsável, que valoriza os bens naturais e se preocupa com a preservação do meio em que vivemos.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE
A PRODUÇÃO DO PAPEL NO BRASIL

Florestas plantadas não desmatam florestas nativas

Florestas plantadas não desmatam florestas nativas

No Brasil, as florestas de celulose e papel são preferencialmente plantadas em áreas previamente degradadas pela agricultura e pecuária. Leis ambientais obrigam as empresas do setor a reabilitar e implantar áreas de proteção permanente e de reserva florestal. O uso da madeira de florestas plantadas previne e reduz a utilização de recursos naturais, como as árvores da Mata Atlântica e da Floresta Amazônica.

Gera empregos e favorece a “economia verde”

Gera empregos e favorece
a “economia verde”

Além das empresas produtoras em grande escala, as florestas também são plantadas por produtores rurais como alternativa de negócios para áreas marginalizadas. Florestas plantadas bem manejadas e certificadas são vitais para o sucesso da nova ordem econômica mundial, que deseja se apoiar na biomassa plantada de forma sustentável para substituição do modelo atual embasado em itens de origem fóssil.

100% da celulose é produzida em áreas de reflorestamento

100% da celulose é produzida em áreas de reflorestamento

A celulose no Brasil é obtida a partir da madeira de florestas plantadas de eucaliptos e pinus. Nossas condições de clima e solo, associadas a pesquisas tecnológicas e científicas, permitem um curto ciclo de crescimento das florestas plantadas. O principal exemplo é o eucalipto, colhido a partir de 7 anos de cultivo, menos da metade do tempo em que a espécie se desenvolve em outros continentes.

É uma matéria-prima renovável

É uma matéria-prima renovável

O papel tem grande taxa de reciclagem dentre os bens de consumo da sociedade. Estima-se que a taxa de recuperação em volume de papel reciclado sobre o total de papel que entrou no mercado brasileiro foi de 64,5%, em 2016. Dizer que os produtos em papel são recicláveis e renováveis significa que seus ciclos de vida podem ser estendidos, reduzindo o desperdício. Na produção de papel e de artefatos, as sobras de papel são recicladas na própria unidade ou encaminhadas para reciclagem em outras fábricas, como aparas de papel.

É certificada por órgãos respeitados

É certificada por órgãos respeitados

Nosso papel é um produto de origem natural renovável, reciclável e biodegradável. Não possui resíduos perigosos em sua constituição quando produzido de forma segura e adequada. A indústria de papel possui diversos sistemas de certificações respeitados, que garantem que o papel que você utiliza veio de uma fonte florestal sustentável. Existem cerca de 30 sistemas, mas as duas certificações principais auditáveis são o Forest Stewardship Council (FSC®) e o Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor).

Busca constante pela ecoeficiência

Busca constante pela ecoeficiência

No Brasil, a área total de florestas plantadas é de 7,8 milhões de hectares (menos de 1% do território). Destes, 2,6 milhões de hectares correspondem ao plantio florestal do setor de celulose e papel. Há investimentos crescentes na indústria pela coeficiência energética. Atualmente, 85% da matriz energética da produção de celulose e papel tem origem em fontes renováveis, como biomassa e subprodutos. Além disso, cerca de 90% da água utilizada na fabricação do papel já é tratada e retorna aos rios ou é reutilizada em outros processos.

Fonte: Two Sides - twosides.org.br

© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.