Material para o professor

    Crônicas indígenas para rir e refletir na escola

    Veredas

    Autor: Daniel Munduruku
    Ilustração: João Montanaro
    Edição: 1 ª Edição

    Sobre o livro

     Para que servem estes pequenos textos que aqui lhes apresento? Para que possamos nos espantar com aquilo que nos parece óbvio, mas não é. Não é, porque pouco sabemos sobre essas populações. O que nos ensinaram tem a ver com a tal da história única contada por uma voz estridente que nunca nos ofereceu outras versões e por conta disso acabamos por aceitar o que nos era ensinado. Daniel Munduruku

    Prêmios

    FNLIJ | Altamente recomendável, 2021 - Categoria Jovem

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Moderna Literatura
    • ISBN 9786557790052
    • Código do produto: 120001069
    • Indicação 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2),
    • Assunto colonização, contemporaneidade, estereótipos, filosofia, Povos indígenas,
    • Tema complementar Diversidade cultural,
    • Tipo de obra Ficção
    • Faixa etária A partir de 13 anos
    • Ano da última edição do livro 2020
    • Preço sugerido R$ 56,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 13,5x 20,5x0,5
    • Número de páginas 88

    Sobre o autor

    Daniel Munduruku

    Daniel Munduruku nasceu em Belém do Pará, em 1964, e cresceu em meio à tribo indígena dos Mundurukus. Graduado em Filosofia, tem licenciatura em História e Psicologia. É doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutor em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Também é diretor presidente do Instituto UKA – Casa dos Saberes Ancestrais. Autor de 52 livros para crianças, jovens e educadores é Comendador da Ordem do Mérito Cultural da Presidência da República desde 2008. Em 2013, recebeu a mesma honraria na categoria da Grã-Cruz, a mais importante honraria oficial a um cidadão brasileiro na área da cultura. Membro Fundador da Academia de Letras de Lorena. Recebeu diversos prêmios no Brasil e Exterior entre eles o Prêmio Jabuti, Prêmio da Academia Brasileira de Letras, o Prêmio Érico Vanucci Mendes (outorgado pelo CNPq); Prêmio Tolerância (outorgado pela UNESCO). Muitos de seus livros receberam o selo Altamente Recomendável outorgado pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Em 2017, foi contemplado com o Prêmio Jabuti na categoria Juvenil. Ganhador do Prêmio da Fundação Bunge pelo conjunto de sua obra e atuação cultural, em 2018. Reside em Lorena, interior de SP.