Material para o professor

    Água

    Precisamos falar sobre isso

    Autor: Sérgio Túlio Caldas
    Ilustração: Daniel Wu
    Edição: 1 ª Edição

    Sobre o livro

     De toda a água existente no planeta, cerca de 97% é salgada - inapropriada ao consumo humano. Dos 3% restantes, justamente a água doce que podemos usar, 2% estão inacessíveis em geleiras, camadas de neve e reservatórios subterrâneos. Ou seja, temos à nossa disposição apenas 1% para irrigar plantações, abastecer cidades, movimentar a indústria e, principalmente, para matar a nossa sede. Neste instante, fonte de água se encontram ameaçadas pelo desmatamento, pela poluição, pelo desperdício e pela exploração desenfreada. Se não soubermos usar com responsabilidade o líquido fundamental para a vida, a mina irá secar. Neste livro, o autor nos mostra a situação desse valioso recurso a partir de estudos recentes e de suas observações em viagens por diversas regiões do Brasil e do mundo, locais em que há fartura e escassez; onde existem ações de preservação, mas também conflitos e tensões por um pouco de água.

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Moderna Literatura
    • ISBN 9788516111694
    • Código do produto: 12111694
    • Indicação 6º Ano (EF2), 7º Ano (EF2), 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2),
    • Assunto Água, Conservação, Desperdício,
    • Tema complementar Diversidade cultural, Ciência e tecnologia, Ciências, Saúde, Extrativismo, Educação ambiental, Meio Ambiente, Educação para o consumo, Trabalho e Consumo,
    • Tipo de obra Não Ficção
    • Faixa etária A partir de 11 anos
    • Ano da última edição do livro 2018
    • Preço sugerido R$ 61,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 16,80 x 24,00 x 0,70
    • Número de páginas 104

    Leitura indicada para:

    Araribá Plus - 5ª edição

    Expedições Geográficas - 3ª Edição

    Sobre o autor

    Sérgio Túlio Caldas

    É jornalista, escritor e roteirista com passagem pelos principais meios de comunicação do país, como o jornal O Estado de S.Paulo e a revista Veja. Seu interesse pelo meio ambiente e pela vida selvagem em diversas partes do mundo levaram-no a editar as revistas Os Caminhos da Terra e Discovery Magazine, além de colaborar para publicações como a BBC Wildlife, da Inglaterra, e National Geographic, no Brasil. Na televisão, trabalhou na TV Record, onde produziu um documentário sobre a tragédia ambiental do tsunami, na Ásia. Para o programa Fantástico, da Rede Globo, fez uma série de reportagens na China e no Paquistão. Também dirigiu vários documentários para a rede Sesc de Televisão (SescTV), gravados no Brasil, na Índia e na Ásia Central. É de sua autoria o roteiro do programa Os Caminhos de Che, exibido pelo National Geographic Channel. Na África, dirigiu um programa exibido na TV Pública de Angola, a TPA.