Material para o professor

    Pescador de Naufrágios

    Série Sete Mares

    Autor: Ana Maria Machado
    Ilustração: Igor Machado, Meton Joffily

    Sobre o livro

    Lugar estranho, esse em que vivia Jack Dogherty, e onde antes tinham vivido seu pai e seu avô. Região isolada, de ventos fortes, mar bravio e enormes e íngremes rochedos. Estranho lugar para um pescador viver... mas Jack não era um pescador comum. Sua riqueza não vinha dos peixes, mas dos naufrágios: dos baús com riquezas, peças raras e, principalmente, dos barris de rum, uísque e aguardente que sobravam dos desastres. Desastres sempre havia e eram muitos nessa região de correntezas perigosas. Não passava muito tempo sem que um navio afundasse. A vida transcorria tranquila, até o dia em que Jack conheceu um merrow, misteriosa criatura do mar com o corpo coberto de escamas, que o levou para beber de sua adega nas profundezas do oceano. Acontece que o tal merrow tinha uma coleção enorme de almas cujos donos tinham falecido nos naufrágios... coisa que Jack não podia aceitar. Roubar os bens de homens mortos não lhe parecia errado, mas roubar sua alma? Ele precisava fazer algo.
     

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Moderna Literatura
    • ISBN 9788516067052
    • Código do produto: 12067052
    • Indicação 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1),
    • Nível de leitura Fluente
    • Assunto Aventura, Seres Fantásticos, Suspense,
    • Tema complementar Pluralidade Cultural,
    • Tipo de obra Ficção
    • Faixa etária A partir de 09 anos
    • Preço sugerido R$ 60,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 20,50 x 24,00
    • Número de páginas 56

    Leitura indicada para:

    Projeto Buriti

    Projeto Presente 4ª Edição

    Presente Arte

    Sobre o autor

    Ana Maria Machado

    Ana Maria Machado nasceu no Rio de Janeiro em 1941. Tem quase 40 anos de carreira, mais de cem livros publicados no Brasil e em mais de 17 países, somando mais de 18 milhões de exemplares vendidos.
    Ficou conhecida como escritora, tanto pelos livros voltados para adultos como aqueles voltados para crianças e jovens. Em 1993, tornou-se hors-concours dos prêmios da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Em 2000, ganhou o prêmio Hans Christian Andersen, considerado o prêmio Nobel da literatura infantil mundial. E em 2001, a Academia Brasileira de Letras lhe deu o maior prêmio literário nacional, o Machado de Assis, pelo conjunto da obra.