Material para o professor

    O pequeno monstro

    Série Meus medinhos

    Autores: Carlos Edgard Herrero, Pedro Bandeira
    Ilustração: Openthedoor

    Sobre o livro

    Para Pedro Bandeira e Carlos Edgard Herrero, os monstros são criados em cachos de frutinhas cheias de pontas, que crescem em árvores horrorosas, num pântano dos mais medonhos. Na beirada do tal pântano, morava uma família de lavradores. Certo dia, um beijo que a mãe jogara para seus filhos foi levado pelo vento e foi beijar justamente uma das frutinhas de um cacho de monstros. Em uma noite sem lua, que é a hora em que nascem os monstrengos, nasceu Chuac, o monstrinho que já nasceu beijado. Certo dia, tentando voltar para casa, as crianças se perderam no pântano, e o monstro-rei, faminto, ordenou que Chuac fosse buscá-las para o seu jantar. Sem saber exatamente por que, o monstrinho resolveu desobedecer a ordem do seu rei e ajudar as crianças a voltar para casa. Toda vez que as crianças se desviavam do caminho, ele jogava uma fruta de um cacho de monstros na direção delas: da fruta nascia um monstrinho, que assustava os garotos e fazia com que corressem para o lado certo. Guiadas pela esperteza de Chuac, as crianças logo chegaram em casa e foram recebidas pelos pais, enquanto o pequeno monstro, do alto das árvores, ria satisfeito.

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Moderna Literatura
    • ISBN 9788516050924
    • Código do produto: 12050924
    • Indicação 1º Ano (EF1),
    • Assunto A criança e seus temores,
    • Tema complementar Pluralidade Cultural, Ética, Meio Ambiente,
    • Tipo de obra Ficção
    • Faixa etária A partir de 06 anos
    • Preço sugerido R$ 53,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 22,50 X 22,50
    • Número de páginas 48

    Sobre os autores

    Carlos Edgard Herrero

    Nasceu em 1944. Sempre foi um leitor fanático de gibis. Resolveu fazê-los ele mesmo, com o sacrifício de centenas de folhas de caderno para os seus primeiros e toscos rabiscos. E não parou mais, passando pela Belas Artes de São Paulo e desenhando cerca de quatro mil páginas de quadrinhos para Walt Disney e mais um bocado de histórias de terror, faroeste, ficção, entre outras coisas.Tem uma pequena agência de criação publicitária, tipo one man show, e consegue dividir seu tempo fazendo também o que nunca deixou e não pretende deixar de fazer: escrever e desenhar para a criançada e para quem sempre teve uma criança no coração !

    Pedro Bandeira

    Nasceu em Santos, em 1942. Trabalhou em teatro profissional como ator, diretor e cenógrafo. Foi redator, editor e ator de comerciais de televisão. A partir de 1983 tornou-se exclusivamente escritor. Sua obra, direcionada a crianças e jovens, tem ganhado diversos prêmios, como Jabuti, APCA, Adolfo Aizen e Altamente Recomendável, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Já vendeu mais de 20 milhões de exemplares de seus livros.