Material para o professor

    Sobre o livro

     A palavra adinkra pertence a um antigo sistema africano de escrita criado pelos povos acã (Akan), que habitam a região de Gana, na África Ocidental. Ela se origina da história da guerra entre dois reis. Um deles, Adinkra, detinha conhecimentos sobre a produção de tecidos e estamparia. Tendo sido vencido e morto por seu inimigo, Adinkra teve sua cabeça exposta como troféu.

    Depois disso, a palavra passou a significar "despedida" ou "adeus", além de denominar o conjunto de ideogramas de sentido profundo, que trazem aspectos da história, da filosofia e dos valores desses povos.

    A partir desses ideogramas e significados, Joaquim de Almeida criou esta história, que fala das tradições africanas, de magia e do amor de um filho por seu misterioso pai.

    Conheça mais

    Detalhes da obra

    • Salamandra
    • ISBN 9788516110239
    • Código do produto: 12110239
    • Indicação 7º Ano (EF2), 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2),
    • Assunto África, filosofia, Gana, ideograma, relação de pai e filho,
    • Tema complementar Pluralidade Cultural, Ética,
    • Tipo de obra Ficção
    • Faixa etária A partir de 12 anos
    • Ano da última edição do livro 2018
    • Preço sugerido R$ 60,00

    Dados técnicos

    • Formato Impresso
    • Dimensões do produto 20,5 x 27,5 x 0,7
    • Número de páginas 88

    Sobre o autor

    Joaquim de Almeida

    Nascido em São Paulo, em 1981, Joaquim de Almeida é escritor, ilustrador e arte-educador. A valorização da cultura popular brasileira e o imaginário presente nas histórias são seu traço marcante no trabalho literário. Recebeu prêmios como Altamente Recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e indicações para o prêmio Jabuti, além de ter livros selecionados para o catálogo internacional da Feira de Bolonha.